Especiais

5 animes de comédia realmente engraçados de verdade pt.2

15 minutos para leitura
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on pocket

E finalmente uma segunda parte que dará continuação a primeira recomendação de animes de comédia aqui da Cúpula! Yayyy~

Sinceramente, eu não sei o que muitas vezes me impede de escrever sobre animes de comédia. Talvez seja porque humor talvez seja uma das coisas mais subjetivas que podemos sentir, como já deixei claro em alguns episódios do CúpulaCast.

Ou seja, em outras palavras, eu não faço ideia de que se o que é engraçado para mim, será engraçado de verdade para você.

Na verdade, tenho certeza que por mais parecidos que nossos gostos possam ser, leitor(a), ainda assim sempre vai ter aquele vídeo engraçado que você vai me mostrar e eu vou ficar com cara de bunda e você fica tipo “cara, como você não está rindo disso??!!”.

Mas, ignorando todos os possíveis comentários negativos que posso receber e a sua verdade, venho aqui listar mais 5 animes de comédia que são de fato engraçados, PARA MIM.

Não que eu não ligue para sua opinião, mas acho que deu de entender.

Agora, deixando de lado meu lado prolixo, comecemos a lista!

1) Baka to Test to Shōkanjū

Baka to Test to Shōkanjū dentro da recomendação de animes de comédia

Em Baka to Test, acompanhamos uma história gira em torno de Yoshii Akihisa, o tal “idiota” (baka) do título do anime.

Nosso protagonista começa o anime entrando na Academia Fumizuki, uma escola que implantou um sistema um tanto quanto diferente para dividir seus alunos.

Nessa escola, as turmas são decididas de acordo com seu resultado em um exame realizado antes do início do ano letivo, separando-os em classes de “A” até “F”.

Desta forma, fica claro que quanto maior for a classe, melhores serão suas instalações e condições, sendo a classe A a melhor, e a F, a pior.

Porém, isso não quer dizer que uma vez na classe F, você precisará “morrer” ali, pois, durante o ano letivo, as classes podem batalhar entre si por meio de um sistema de “invocação de monstrinhos que são sua cara, porém chibi”.

Não preciso nem me estender para você saber que, obviamente, Yoshii Akihisa (o protagonista) cai de cara numa classe F.

Cliché?

Claro que é cliché. Nesse anime você terá, assim como em todo anime de comédia, com uma história que parece não ir para frente. Mas o cliché não é problema, porque a intenção aqui é divertir. E isso Baka to Test domina, porque é de fato muito engraçado.

O anime tem tiradas muito “atuais” e, além disso, a relação dos personagens torna tudo muito natural e divertido, pois apesar de afetiva, é agressiva.

A obra é intencionalmente colorida para dar um tom alegre, e, obviamente, você pode ficar shippando os personagens. Eu gosto de romance, então, para mim isso é um plus.

Caso assista e goste, recomendo que parta para a light novel, porque parece que o final é fechadinho.

Além disso, se gostar muito, o título possui alguns materiais extras como spin-offs e OVA’s. Dá uma olhada na página do MAL para dar uma conferida.

2) Grand Blue

Personagens em Grand Blue fazendo careta engraçada de assustados numa casa
  • Gêneros: Comédia, Vida-Universitária, Slice-of-life
  • Estúdio: Zero-G
  • Material original: Mangá (Kenji Inoue)
  • Episódios: 12 

Esse aqui definitivamente é para aqueles que não buscam uma comédia que comumente é encontrada nos animes, mesmo sendo do mesmo autor do anime antes citado. Pelo menos, não nos que eu costumo assistir.

Grand Blue opta por fazer meio que o inverso do que vemos o tempo inteiro em obras como Prison School, porque neste último temos o tempo inteiro homens sendo subjugados por mulheres super gostosonas.

Agora, em Grand Blue, temos meio que “homens subjugando homens gostosões”, mas não numa conotação sexual.

Nesse anime, acompanhamos Iori Kitahara, um jovem que desejava apenas ter uma vida universitária cheia do bom e do melhor que vemos em filmes como American Pie.

Porém, já em seu primeiro dia, Iori tem um catastrófico choque de realidade, pois a casa em que ele irá viver é sede do clube de mergulho, e neste clube, temos como participantes majoritariamente homens musculosos que adoram ficar peladões.

Quando falei que esse anime faz o inverso do convencional, é porque aqui você irá se deparar constantemente com bundas masculinas ao invés de takes sensuais de garotas (apesar de que o ecchi feminino ainda é presente).

Contudo, não vi problema tanto na parte masculina quanto na feminina, afinal, o ecchi e “nudez” fazem parte do ótimo humor de Grand Blue.

Além disso, tivemos cenas com muita vergonha alheia e também situações onde parecia que ficar pelado era realmente a única solução.

A comédia instalada aqui é sensacional, e os personagens conseguem realmente passar uma vibe universitária, pois o autor mostra organização de viagens, festas com bebedeira e a própria ambientação convence bem quem assiste.

Em outras palavras, mesmo com muita bunda masculina, é um ótimo título dentre os animes de comédia.

3) Hinamatsuri

Hina e Nitta em Hinamatsuri, anime de comédia, fazendo juramento de mindinho
  • Gêneros: Comédia, Seinen, Supernatural
  • Estúdio: feel.
  • Material original: Mangá (Masao Ōtake
  • Episódios: 12 

Talvez esse seja o mais engraçado da lista, de verdade.

Em Hinamatsuri, acompanhamos Yoshifumi Nitta, um yakuza de renome (mais ou menos) que vivia uma vida típica de um yakuza de animes.

Mulheres, bebedeiras, festas e violência. Nitta tinha tudo que um homem de verdade precisava, porém, ele tem sua vida virada de cabeça para baixo quando, literalmente, uma menina “alienígena” (?) simplesmente APARECE em sua sala de estar dentro de uma bola bizarra.

Hina, a garota, não se lembra de nada além de seu próprio nome e de que ela tem poderes psíquicos bem poderosos.

Após certa relutância, Nitta acaba se tornando uma espécie de padrasto para a menina, pois nosso yakuza, apesar de malvadão (mais ou menos), também tem um coração.

Sendo assim, na história, iremos acompanhar de perto a rotina dessa nova família, enquanto eles precisam lidar com problemas que variam de brigas entre gangues e crianças em bordéis, até problemas relacionados à pessoas sem teto e ficar atrasado para escola.

No entanto, apesar de parecer uma comédia mais pastelão, é com muito prazer que eu digo que não é pastelão, porque Hinamatsuri me lembrou uma mistura de Arakawa Under the Bridge e de Saiki Kusuo no Psi-nan.

Ou seja, de duas ótimas obras, tendo em vista que ambos estão na primeira recomendação de comédias que fiz aqui na Cúpula.

Além disso, provavelmente o nome Hinamatsuri vem do Festival de Bonecas ou “Dia das Meninas“, que é uma festa típica japonesa, que ocorre no dia 3 de março.

Afirmo isso com quase total certeza, porque na história várias outras meninas meio malucas e com poderes vão aparecendo. E, mesmo com essa descrição, surpreenda-se ou não, não há ecchi nesse anime.

Tem na Crunchy!

4) Gintama

Gintama na recomendação de animes de comédia da Cúpula com Gintoki sorrindo engraçado
  • Gêneros: Comédia, Paródia, Samurai, Sci-fi, Sobrenatural
  • Estúdio: Sunrise
  • Material original: Mangá (Hideaki Sorachi
  • Episódios: 201

Se você já ouviu falar de Gintama, você sabe tão bem quanto eu que não vale a pena nem tentar listar as temporadas desse negócio aqui, porque são MUITAS.

E, se você não conhece Gintama, leia novamente a parte acima onde eu trago os gêneros da obra.

Pois é. Tem como dar errado em uma obra de comédia, mas que trabalha com robôs, samurais, eventos sobrenaturais e ainda faz várias referências a símbolos da cultura pop dentro e fora do mundo dos animes?

Sinceramente, eu acho quase impossível dar errado. E de fato não deu, porque, de todas as muitas temporadas da série, muitas delas figuram bem em cima no top do MyAnimelist, que, apesar de não ser um bom parâmetro para medir qualidade, continua sendo ótimo para medir popularidade.

Gintama brinca o tempo inteiro com piadinhas de tiozão, humor irônico e tiradas super non-sense. Além disso, o anime inteiro tem uma vibe muito para frente, te deixando bem para cima em cada episódio.

Contudo, entre nessa recomendação com isso em mente: é um anime que trabalha de maneira bem episódica. Ou seja, cada episódio é um episódio.

Desta forma, a progressão da história é quase nula (eu disse quase), porém é óbvio que isso não é um problema, mas só quando não se tem mais de 200 episódios.

Em outras palavras, mesmo que esse anime esteja aqui porque eu o ache merecedor, me perdoem, pois eu o dropei.

Não aguentei mais de 100 episódios episódicos, pois minha rotina me força a ver poucos episódios por dia. Consequentemente, ficou bem cansativo.

Entretanto é fato que Gintama é referência quando o assunto é comédia, então, assistam! Ou pelo menos tentem, como eu.

5) Ore wo Suki Nano Wa Omae Dake ka yo (ORESUKI)

ORESUKI protagonistas no banco amaldiçoado num bom anime de comédia Jouro e Senshokuin
  • Gêneros: Harém, Comédia, Vida-Escolar, Romance
  • Estúdio: Connect
  • Material original: Light novel (Rakuda
  • Episódios: 12 

Agora, um anime um pouco mais atual do que os demais, mas que mesmo não sendo um “clássico” ou “incrivelmente bom”, ele conseguiu me arrancar umas boas risadas.

Explanar o plot de ORESUKI por si só já seria uma espécie spoiler, porém, caso você também esteja saturado de comédia escolar sem sal, vale a pena abraçar o risco desse spoiler para ver se você cultiva interesse em assistir a obra.

Em ORESUKI, iremos acompanhar Amatsuyu “Jouro” Kisaragi, o personagem que parece seu típico protagonista cliché de comédia romântica, todavia, não é.

Porque Jouro, apesar de por fora parecer um garoto dócil e secundário, por dentro ele é completamente o oposto; um cara ambicioso, super agressivo com palavras e muito aproveitador.

Na história, iremos acompanhar esse garoto em sua ambiciosa jornada de conseguir encontrar uma bela garota que ele viu num jogo de beisebol no passado.

Em suma, é disso que a história se trata, porém ORESUKI trabalha um humor sarcástico muito atual e engraçado.

Junto deste bom humor, temos a famosa quebra da 4ª barreira, acompanhada de fortes coincidências narrativas intencionalmente utilizadas para gerar uma série de acontecimentos forçados.

Acontecimentos estes que farão você ir além daquela clássica bufada pelas narinas, eu posso garantir.

Além disso, o jeito cômico de como tudo se afunila para o jogo de beisebol, as conversas internas do protagonista e o famoso banco de praça que facilmente entraria num top 10 vilões dos animes.

Enfim, mesmo possuindo diversas cenas de ecchi para agradas os garotos de 12 anos, as boas características que eu vim citando com certeza cobrem os defeitos à lá “episódio da praia” que ORESUKI possui.

Você pode encontrar ORESUKI na Crunchyroll.

Finalizando…

Pronto! Finalmente consegui elaborar uma lista digna de uma nova recomendação de comédias.

Sempre é difícil recomendar anime de comédia porque é muito mais difícil agradar o lado cômico de alguém, quer ver com animes de comédia que chegam até nós vindo lá do outro lado do oceano, onde a cultura é completamente diferente.

Contudo, mesmo assim, tenho certeza que de todos os títulos aqui nessa lista e na primeira parte pelo menos um irá agradar você. Caso contrário, você é meio rabugentão mesmo, mas ai a culpa não é minha.

“A comédia é tão poderosa que homem feio só conquista mulher bonita na base da piada.”, já dizia meu tio. Ou o seu tio. Tanto faz, porque é lei que todo tio fale algo assim.

Deixe seu comentário dando sua opinião de qual anime certamente não pode faltar de aparecer numa eventual bem eventual parte 3 de recomendações de animes de comédia aqui da Cúpula do Trovão!

Além disso, não deixe de dar uma conferida nos nossos outros compilados de recomendações de animes:

Escrito por

Andre Uggioni

CEO da Cúpula

Vendedor | Ex-Atleta | Chato

Criciúma - SC

Comentários da cúpula
Andre UggioniAndré Uggioni
A comédia é tão poderosa que homem feio só conquista mulher bonita na base da piada.

Gostou do artigo?

Comente abaixo sua opinião sobre o assunto e convide o autor da postagem para conversar!

Se inscreva e receba
novidades exclusivas
da cúpula do trovão!

Ir para o topo