Análise

Sarazanmai é bom? Vale a pena assistir o anime? | Crítica

Sarazanmai: o que esperar quando não se está esperando nada?
5 minutos para leitura

As boas e as más experiências normalmente estão relacionadas a expectativa, podendo ela influenciar de forma negativa ou positiva. Títulos como Demon Slayer, One-Punch Man 2 e Attack on Titan fizeram com que Sarazanmai fosse pouco ou quase nada comentado durante sua exibição, mantendo-se como um anime secundário nessa temporada de outono de 2019.

Sarazanmai definitivamente não é para todo o tipo de expectador. Na verdade, aqueles com pensamentos mais conservadores e tradicionais possam não vir a gostar da experiência que o anime traz.

Sarazanmai é um anime finalizado em 12 episódios com transmissão no brasil pela Crunchyroll. A obra não foi baseada em nenhum mangá, light novel, web novel, etc.

Ou seja, é um anime original feito pelo estúdio MAPPA, sob direção de Kunihiko Ikuhara.

Sobre a história de Sarazanmai

A história é centrada em três estudantes do ensino médio que são transformados em kappas para combater kappas zombies e extrair seu “shirikodama”.

Fazer uma crítica com spoilers pode prejudicar sua experiência com o anime, pois seu primeiro episódio faz seu cérebro sair de jetpack da sua cabeça e dizer ‘’Noooop. Já deu’’. Mas isso não significa que é ruim.

Bem pelo contrário. É uma experiência muito louca, que dificilmente você terá visto em outro lugar.

Os 3 episódios subsequentes acabam sendo mais do mesmo do primeiro episódio, o que até acaba se tornando repetitivo.

A repetição se dá pelo fato de que sempre que eles enfrentam um Kappa Zombie, rola duas musiquinhas “Kawauuuso Iyaaaa” e um pouco depois “Saraaaaaa-Saraaaaaa-Saraaaaaa SARAZANMAI”.

Contudo, apesar da música ser a mesma, a letra se difere dando um significado único para cada momento.

Sarazanmai, os três protagonistas
Yokubo Shiboritore

Sarazanmai trata de forma competente assuntos como amizade, amor, desejo, inveja… Tudo de uma maneira “não ecchizada“. Na verdade, o anime utiliza de tabus sexuais explorados. Com destaque para sexualidade.

Sarazanmai-Dirty-Cop cena sem camisa
Dirty Cops

Diferenciais marcantes de Sarazanmai

O que Sarazanmai tem de melhor é sua originalidade, fugindo da tendência atual (cof-Isekai-cof-cof).

A direção de arte, trilha sonora e trama dão um peso ao anime que não estamos acostumados a ver em qualquer anime por aí.

Muito menos em um anime que, como fora introduzido aqui, passou meio que batido pela maioria das pessoas.

Mas afinal, vale ou não vale a pena ver o anime?

Como eu disse no começo desse texto, tudo na vida depende da sua expectativa, inclusive quanto a este anime. Seria tipo entrar em Mob Psycho 100 esperando um traço lindo, e acabar chocado com toda aquela bizarrice.

Apesar de ser único, fechado e criativo, não temos aqui um anime nota 10.

Entretanto, com certeza vale a experiência e as reflexões que ele causa a cada episódio. Minha dica, inclusive, é que se for assistir Sarazanmai, procure saber o mínimo possível dele.

Ah! E lembrando da musiquinha repetitiva que toca nos quatro primeiros episódios… Você certamente sentirá falta dela nos outros episódios. Ou quem sabe até mesmo quando o anime acabar.

Não tem como não gostar delas!

Finalizando…

Fica aqui então exposta minha recomendação para esse anime.

Ele certamente não é para todos, como já mencionei, porém ele me marcou.

Após a experiência única que essa obra me propôs, me atrevi a discorrer brevemente sobre ela. Tudo para deixar aqui minha recomendação à você, leitor.

Evitei spoilers ao máximo para que, agora, você possa ir assistir esse título e voltar aqui para me contar o que achou!

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Escrito por

Pedro Bernardes

Profissional de Educação Física

Cult | Atleta | Leitor compulsivo

Belo Horizonte - MG

Entre na conversa, deixe seu comentário!

Comente abaixo sua opinião sobre o assunto e convide o autor da postagem para conversar!
Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Ao navegar nele você está aceitando nossa política de privacidade.