Análise

Mangá Initial D | Primeiras impressões

Initial D: protagonista humildaço, plot twist envolvente e muitas corridas de carros alucinantes
6 minutos para a leitura

Sempre fui muito apaixonado por esporte, desde minha infância. Como consequência, narrativas esportivas me chamam a atenção. E aqui neste contexto, o foco são os mangás. Até então, já li mangás sobre vôlei, futebol, basquete e boxe. E agora, corrida de carros. Este se chama Initial D.

Esse é um título que eu nunca havia ouvido falar. E com certeza não deve ser o único, afinal existem muitos esportes dos quais eu não tenho conhecimento que, possivelmente, algum japa decidiu escrever sobre.

A obra foi escrita e ilustrada por Shuichi Shigeno. Conheci há um tempo, mas somente nos últimos dias decidi começar a leitura do mangá. Como supracitado, por ser um mangá de esporte, quis dar uma chance. Não obstante, por se debruçar em um tema desconhecido para mim, acreditei ser uma boa experiência.

Além do mais, o mangá é da década de 90. Amo demais histórias antigas, seja qual for, sendo boas, claro, nessas épocas 80/90. Ademais, os traços de Initial D, por serem antigos, passam uma sensação agradável para mim.

Aliás, outro mangá antigo com traços que me remetem a este sentimento é Futatabi, do nosso eterno Kentaro Miura. Tem crítica aqui no site, caso queira dar uma lida e conhecer a obra.

Mas afinal, do que se trata Initial D?

capa do mangá Initial D
  • Autor: Shuichi Shigeno (História e Arte)
  • Ano de publicação: 26 de junho de 1995 a 29 de julho de 2013
  • Capítulos: 724 (completo em 48 volumes)
  • Gêneros: Esporte, ação, drama, corrida

Apertem os cintos, o mangá Initial D é pura emoção!

A história segue a vida de um jovem comum do Japão chamado Takumi Fujiwara. O garoto ajuda seu pai na loja de tofu, fazendo entregas todos os dias pela manhã no Monte Akina.

Até então nada demais. Porém, existem alguns mistérios que vão ser revelados para nós, mas não para os personagens da história. Antes de tudo, este tal Monte Akina é famoso por corridas de drift. Nos primeiros capítulos vemos uma batalha se formando entre algumas equipes.

Voltemos ao ponto do mistério, entretanto. Uma vez, o Pedro, autor aqui da Cúpula também, comentou sobre o fato de nós, leitores, termos um certo privilégio em relação aos personagens de uma determinada história.

Takumi e suas incríveis habilidades de direção

E isto acontece em Initial D. O objetivo aqui não é dar spoilers sobre a obra. Mas há um fato muito importante que é revelado somente para nós que conduz a narrativa de uma forma que somente o leitor pode degustar do saber.

Sabe quando pergunta-se algo para alguém já sabendo a resposta e essa pessoa inventa um monte de mentiras? É basicamente isso.

Isso é bem interessante porque nos faz conjecturar o momento em que a verdade virá a tona e como as coisas podem tomar novos rumos. Um panorama totalmente diferente.

Os traços incríveis do mangá

A arte do mangá é bem detalhista no tocante aos carros. Este é o ponto fundamental da obra, afinal.

Aliás, o autor também teve um cuidado em descrever não somente o nome do carro, mas seu modelo e também algumas descrições mais técnicas, tais como seu motor e coisas afins.

traços do mangá Initial D

No geral, não há um trabalho impecável nos personagens. Não é nem feio, nem bonito. Porém, ao bater o olho você pode ver que é antigo. E acho este o maior charme.

Mas não sei se essa “falta de capricho” seja da parte do autor ou porque eram os traços daquela época, por exemplo. Contudo, as paisagens, as pistas e os carros, esses sim tiveram uma atenção especial.

Finalizando as primeiras impressões do mangá Initial D

Por ser um tanto logo, fiquei ponderando no início se valeria a pena enfrentar a aventura. Depois de alguns capítulos, comprei definitivamente o mangá.

Acredito que será uma boa experiência. Para adeptos à corridas ou mesmo que tenha paixão por carros, recomendo Initial D.

Ainda estou no início, mas com boas expectativas. E diferente dos personagens da história, eu vou seguir bem lentamente, com o pé no freio a cada curva e aproveitando o percurso.

protagonista da série

Aliás, por fim, eu também gravei um vídeo sobre Initial D lá no meu canal do YouTube. Caso queira assistir, estará logo abaixo:

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Escrito por

Welerson Silva

Jornalista e Escritor

Youtuber | Escrita cabeçuda

Brasília - DF

Entre na conversa, deixe seu comentário!

Comente abaixo sua opinião sobre o assunto e convide o autor da postagem para conversar!
Ei! Antes de você ir.
Se gosta de animes tanto quanto nós

Conheça nosso podcast sobre animes e mangás no Youtube!

Não se preocupe, ao clicar irá abrir uma nova aba. E você vai poder continuar sua leitura.

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Ao navegar nele você está aceitando nossa política de privacidade.