Notícias

Mangá Orient, da mesma autora de Magi, receberá anime (mas e Magi?)

3 minutos para leitura
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no pocket

A editora Kodansha, concorrente direta da Shueisha (Shonen Jump), divulgou recentemente que Orient, mangá de autoria de Shinobu Ohtaka (Magi), terá uma adaptação em anime. Contudo, além da confirmação, não temos mais nada, tipo uma data ou mais informações sobre a produção em si.

personagens de orient

Sendo sincero, abri um sorrisão ao ver essa notícia, mas ao mesmo tempo me bateu uma tristeza imensa.

A felicidade veio por conta de Shinobu Ohtaka estar voltando aos holofotes após um tempo, e eu amo Magi. De verdade. Sendo assim, nada mais justo que ficar feliz vendo essa mangaká que admiro conquistando uma adaptação de seu quadrinho.

Só que ser fã de Magi é, ao mesmo tempo, o motivo da tristeza… Afinal, agora que Orient terá anime, é praticamente certo que os produtores desistiram de adaptar para anime o restante do mangá de Magi.

Atualmente, Magi conta com 2 temporadas (que estão na Netflix, inclusive), e ainda tem uma temporada prequel de Sinbad, um dos principais personagens (e meu favorito) da história.

Confirmar um anime para Orient foi, para mim, basicamente levantar uma grande bandeira dizendo que “não vamos mais acreditar no potencial de Magi, por isso, vamos para outra obra da autora”.

Não há nada de errado nisso, mas…

Afinal, com certeza os investidores tiveram bons motivos para não adaptar o restante de Magi. O anime, até agora, adaptou uns 200 capítulos (se não me engano). Até o final do arco de Magnostadt.

Após uma breve calmaria, teríamos o meu arco favorito de Magi: o arco que conta a história do Rei Salomão. Ele começa ali no capítulo 210~213, e é muito foda. Uma pena que provavelmente nunca veremos isso em anime.

Por fim, algo que decreta o provável não retorno do anime de Magi é a ausência de anúncios mesmo o mangá já tendo sido concluído há uns 2 anos.

Raramente mangás nessa situação ganham anime, afinal, o anime serve muito para vender o mangá… E se ninguém nem lembra do mangá direito, porque arriscar num anime (que não é algo barato de se fazer).

Enfim, fico feliz pela autora, mas triste com a situação de Magi.

Orient, por outro lado, nunca li. Deve ser bacana, e o traço dela segue magnífico. Hoje, oriente está na Bessatsu Shōnen Magazine, uma das revistas mensais da Kodansha.

capa de orient mangá

Fonte: ANN

Escrito por

André Uggioni

Fundador

Vendedor | Host do Cúpulacast

Criciúma - SC

Gostou do artigo?

Comente abaixo sua opinião sobre o assunto e convide o autor da postagem para conversar!

Se inscreva e receba
novidades exclusivas
da cúpula do trovão!