Em nossas RegrasDe3, os autores assistem os 3 primeiros episódios de um anime novo lançado na respectiva temporada. Após isso, eles escrevem uma análise sobre esse começo da obra, sendo uma espécie de primeiras impressões. Fique atento: a RegraDe3 é uma visão baseada APENAS nesses 3 primeiros episódios, NÃO sobre o anime inteiro.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no pocket

The Slime Diaries é o mais novo anime slice of life desta temporada de abril, sendo considerado um spin-off de That Time I Got Reincarnated as a Slime. Entretanto, eu não senti que ele é uma “história à parte” (conceito de spin-off), já que tudo me indicou que essa é uma continuação direta da onde a obra original parou. Mesmo que seja um trecho que não tenha muito importância para a história em si…

Primeiramente, tenho que enfatizar que eu não assisti a obra principal (ela falhou na minha RegraDe3). Embora eu tenha pensado em desistir no começo, pensei nos meus colegas de equipe que, em toda nova temporada, recebem por meio de sorteio os animes que irão assistir ao menos três episódios. Isso inclui a mim.

Eventualmente, pegamos obras que são, no mínimo, fora do padrão que costumamos assistir. E eu, que não gostei de Reincarnated as a Slime, tive que buscar força nos meus amigos para continuar firme e assistir ao menos três episódios desse anime.

Então, isso tudo foi graças a força da amizade (tatakae!).

Sinopse

Com o fim de uma grande guerra (que eu sei que teve, só não detalharam ainda), Rimuru decide tirar um tempo para cuidar de sua cidade e seus cidadãos. Nesse meio tempo, o protagonista pensa em escrever um diário para relembrar suas aventuras. Mas rapidamente desiste da ideia . Assim sendo, acompanhamos o dia a dia de Rimuru e seus amigos e conhecemos um pouco mais sobre cada um deles.

spin off de slime visual oficial
  • Gênero: Slice off Life, Comedia, Fantasia
  • Estúdio: 8bit
  • Material: Manga
  • Episódios: 12
  • Novos episódios: Toda terca-feira
  • Página do anime: Na (Cupula) no (MAL)

The Slime Diaries, papo aqui é serio! (só que não)

Logo após o anime começar, somos levados a uma situação meio tensa. Os chefes da vila estão reunidos em uma mesa brigando entre si. É provável que algo realmente sério aconteceu ou irá acontecer. Mas, na verdade, tudo não passava de uma discussão para decidir em qual roupa Rimuru fica melhor.

Então, já sabemos o que esperar daqui para frente.

The Slime Diaries é um anime para relaxar. Sem muitos efeitos, lutas frenéticas, trilha sonora agitada. Nada disso. Pois seu único objetivo é apenas apreciar os personagens como eles são e tentar entender um pouco mais sobre eles.

Antes que possamos entender o que está acontecendo, somos lançados em um mundo onde todos os personagens secundários amam o protagonista e sentem que possuem alguma divida com ele.

Apesar de eu ter assistido pouco da obra principal, eu sei que Rimuru é um personagem overpower que ajudou bastante pessoas. Então, estou mais ou menos situado do que está acontecendo.

Todos fazem o que fazem pelo Rimuru em The Slime Diares

Isso é um ponto legal na obra. Enquanto descobrimos a motivação dos personagens, vemos como eles estão se adaptando a suas novas vidas, tentando se encaixar em algum ofício e tentando ser útil a cidade.

Vamos construir!

Edfício sendo erguido na cidade

De primeiro arco, vemos que a cidade ainda está em expansão. Ainda mais pelo fato de que a cidade se tornou famosa entre os não humanos e vem atraindo espécies do mundo todo.

Não só de casas uma cidade é feita, como também de escolas, areas de lazer, prefeituras, etc. Sendo assim, acompanhamos tudo bem de perto pelo olhos de Rimuru, que passa de pessoa em pessoa batendo um papo e perguntando como estão às coisas.

Bóra Plantar!

Rimuru passeando pela plantação

Por mais que moradia seja importante, uma cidade também precisa estar constantemente abastecida com alimentos. Por sorte, Rimuru é um isekado que trouxe conhecimentos de agricultura bem avançados para aquele mundo.

O legal desse arco é que vemos que Gerudo, um homem-javali que não se encaixou muito bem na sua nova vida, talvez tenha finalmente achado seu passa-tempo. Mesmo que isso signifique trabalhar mais um pouco.

Bó se divertir!

Crianças goblins brincando com o Rimuru em The Slime Diares

Por fim, não é só de trabalho que vive o ser humano (no caso, monstros). Encontrar um entreternimento também é importante para passar o tempo.

Aliás, nesse arco, eu vi algo estranho. Primeiro que Rimuru aparentemente não está a muito tempo nesse mundo porque ele não sabia que nesse mundo um besouro rinoceronte era, tipo, do tamanho de um rinoceronte. E isso fez com que uma criança, o Gobuta, fosse arremessado para bem longe. Em seguida, houve um corte de cena, super abrupto, sem transição nem uma, onde Gobuta estava participando de uma batalha contra Rimuru. Tendi nada.

The Slime Diaries: minhas impressões finais

Pessoal da cidade juntos com Rimuru em The Slime Diares

Olha, eu sei que eu não disse muita coisa nos três títulos anteriores… Mas é que não aconteceu nada de mais nesse anime!

No geral, eu detestei The Slime Diaries. Afinal, me senti bastante deslocado pela falta de informação que tenho sobre a obra principal. Sendo assim, não fui capaz de “pegar o bonde andando” e muito menos de simpatizar com alguns personagens.

Mas mesmo vendo pelo ponto de vista de “um anime avulso” não acho que The Slime Diaries tenha o que é necessário para ser um anime legal.

Entretanto, veja bem, supondo que um dia haja um spin-off de Fullmetal Alchemist em que mostra a rotina dos personagens em um dia normal, pô, eu iria adorar ver Mustang e Hakeye fazendo altos nada em um escritório durante uma cena de 5 minutos. Afinal, eu sou fã da obra.

Então, eu vejo que a única forma de alguém realmente gostar de The Slime Diaries é acompanhando a obra original. Caso o contrário, passe longe.

Escrito por

João Bernardes

Escritor

Gamer | Mestre dos guias

Campo Grande - MS

Gostou do artigo?

Comente abaixo sua opinião sobre o assunto e convide o autor da postagem para conversar!

Se inscreva e receba
novidades exclusivas
da cúpula do trovão!

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Ao navegar nele você está aceitando nossa política de privacidade.
Gosta de animes e mangás? Conheça o nosso podcast!