Em nossas RegrasDe3, os autores assistem os 3 primeiros episódios de um anime novo lançado na respectiva temporada. Após isso, eles escrevem uma análise sobre esse começo da obra, sendo uma espécie de primeiras impressões. Fique atento: a RegraDe3 é uma visão baseada APENAS nesses 3 primeiros episódios, NÃO sobre o anime inteiro.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no pocket

Sem sombra de dúvidas Wonder Egg Priority é o anime “conceito” da temporada. Sim, nós da Cúpula adoramos criar termos que não existem, mas que fazem sentido em nossas mentes.

Contudo, esse termo explica perfeitamente o anime, pois o significado no dicionário para “conceito” é: aquilo que a mente concebe ou entende: uma ideia ou noção, representação geral e abstrata de uma realidade.”

Irei explicar de forma mais simples e sem spoiler, como todos devem assistir Wonder Egg Priority, entretanto tomando certos cuidados.

  • Gênero: Psicológico, Drama, Fantasia
  • Estúdio: CloverWorks
  • Material fonte: Original
  • Episódios: 12
  • Novos episódios: Quarta-Feira
  • Página do anime (na Cúpula) (no MAL)

Já da pra perceber que este anime não é só mais um, quando escolheram “psicológico” como um dos gêneros para classificá-lo.

É normal não entender nada no inicio de Wonder Egg Priority?

Num primeiro contato com a obra, senti a mesma sensação de quando fui numa Bienal da Arte em São Paulo: O QUE ESTÁ ACONTECENDO AQUI?! Mas, como a Regrade3 é composta por 3 episódios, os acontecimentos ganham significados e tudo fica interessante.

Primeiramente conhecemos Ai Ooto, uma adolescente que possui olhos de cores diferentes. A menina encontra um besouro que lhe entrega um ovo sem uma explicação imediata do que fazer com o mesmo.

Ao cair no sono, Ai se vê na escola com o ovo nas mãos; então, ao quebrá-lo, uma menina surge e nossa protagonista agora está em meio a acontecimentos que a fazem lembrar de momentos que ela não resolveu em sua vida ainda.

Então, Ai percebe que, em seus sonhos, irá passar por circunstâncias que irão ajudá-la a resolver seus problemas pessoais.

Mas, sobre o que é o anime?

No início deste texto usei a expressão “entretanto tomando certos cuidados”, o motivo desta sentença é que Wonder Egg Priority trata de assuntos pesados como suicídio e bullying, então, para algumas pessoas, certas cenas do anime podem ser gatilhos emocionais.

Exemplo de bullying

Mas digo de forma tranquila que a forma como o diretor e a equipe demonstram cada aspecto destes temas é de uma genialidade ímpar.

A animação não segue um ritmo linear, isto é, nós já estamos no meio dos acontecimentos, e para completar a história, informações do passado são apresentadas para o enredo fazer sentido.

Por isso usei a expressão “conceito”, pois criamos nossas ideias e explicações para os acontecimentos enquanto os episódios vão passando. Afinal, informações novas surgem de todos os lados, de forma real ou abstrata, cabe a nós compreender e encaixar o quebra-cabeça.

E o fato da obra ser original, ou seja, não possui um material base, como um mangá ou novel, faz com que em cada término de episódio nossa mente viaje um pouco mais para entender o que foi e o que será daqui pra frente.

O primor do audiovisual

Tratando-se de um assunto real, o estúdio escolheu uma arte perfeita para contar a história!

Em vários momentos o estúdio faz com que o desenho transite por cenas que remetem ao realismo. E como não estou falando de um shounen porradão, isto faz com que o anime tenha o pé no chão necessário para dar vazão ao drama que o anime se propõe a contar.

Além desse belíssimo conceito utilizado no ambiente do anime, a elaboração dos personagens principais da série é algo fantástico. Isto faz com que sentir empatia por eles seja algo prazeroso e natural.

Quando digo bem elaborados falo não somente pelas características físicas ou personalidade, mas também como o anime consegue conectar tipos distintos de pessoas. Como por exemplo uma menina antissocial (Ai Ooto) com uma Idol (Rika Kawai).

E por fim, mas não menos importante, a caracterização dos “inimigos” deste anime também é muito bem feita!

Embora minha única ressalva seja o CGI dos demônios, já que parecem uma mistura de Minions com o boneco Billy dos jogos mortais.

Veja bem, eles fazem sim muito bem o papel que é proposto, porém, graficamente falando, parece as vezes que saem do tom do anime.

Além deles temos também monstros grandiosos, que são o momento shounen do anime! Entretanto, quando isso acontece Wonder Egg Priority não perde em nada suas caraterísticas de drama.

Pois estamos falando de um sonho, e quem em um sonho já não deu uma de herói, né?

Finalizando as primeiras impressões de Wonder Egg Priority

Poderia continuar exaltando a obra ainda mais um pouco, mas acredito que já coloquei em evidência tudo que me fez gostar desse anime!

Existem muitas pontas soltas e também muita coisa já contada que deixam brecha para diversas interpretações. E isso é o mais fantástico deste mundo, o fato de você dar o seu significado a tudo que acontece.

Obviamente pretendo continuar assistindo o anime, afinal quero muito saber como finalizarão esta obra.

Aliás, este é um ponto que me deixa ansioso. Fico pensando se a escolha para os acontecimentos finais do anime serão aceitáveis ou irão viajar muito e encerrar de forma não convincente.

Mas para descobrir isso teremos que ver até o final.

Escrito por

Hugo Brogni

Escritor

Inciante | Barbudo | Pseudo marombeiro

Criciúma - SC

Gostou do artigo?

Comente abaixo sua opinião sobre o assunto e convide o autor da postagem para conversar!

Se inscreva e receba
novidades exclusivas
da cúpula do trovão!

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Ao navegar nele você está aceitando nossa política de privacidade.
Gosta de animes e mangás? Conheça o nosso podcast!