Notícias

Rússia bane vários animes do país por considerarem violentos e nocivos

3 minutos para a leitura
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no pocket

Recentemente, um tribunal situado na Rússia proibiu a exibição de inúmeros animes por serem, segundo eles, violentos. Entre esses animes estão Death Note, Tokyo Ghoul e Inuyashiki.

Ademais, Naruto, Elfen Lied e Ishuzoku Reviewers também entraram na lista negra dos promotores russos, que enviaram a petição ao tribunal de São Petersburgo, em 2020.

Aliás, no dia 18 de dezembro de 2020, o sistema judiciário de São Petersburgo declarou o seguinte:

“Cada episódio contém crueldade, assassinato e violência em geral”.

Após estas petições e declarações feitas, os animes já supracitados foram banidos de determinados sites, conforme o requerido.

Além do mais, isso é uma história antiga. Os pais russos têm feito campanhas constantemente para banir Death Note, desde 2013. Os motivos que levaram essa mobilização foi o ocorrido onde uma garota de 15 anos, que possuía uma coleção de mangás da franquia, cometeu suicídio.

anime death note

Por fim, neste ano, a mídia de São Petersburgo informou que um fã adolescente de Death Note pulou de uma janela usando uma camisa branca e gravata vermelha. A vestimenta do jovem era a mesma utilizada pelo protagonista da série, Light Yagami.

Um tema problemático, não só com animes

Esse tipo de debate não é inédito. Em 2013, por exemplo, houve o caso da família Pesseghini que, no que tange a influência, também se enquadra. O incidente em questão envolvia um garoto de 13 anos, um jogo de vídeo game e um assassinato.

Muito se comentou sobre os jogos, com suas violências, terem influenciado o garoto e que também poderiam atingir outras pessoas, causando assim uma catástrofe em escala. De toda forma, sempre há a necessidade de encontrar um culpado.

Particularmente, não acredito em influência direta. Assim como jogos de vídeo game não possuem essa capacidade, animes também não.

O que acontece é a pessoa já ter uma tendência ou um desejo já estabelecido que, com base em algum tipo de “inspiração”, acaba resultando em um ato terrível.

Porém, claro, isso é uma opinião minha e eu posso estar enganado.

Mas e você? O que acha de tudo isso?

Fonte: Anime United

Escrito por

Welerson Silva

Jornalista e Escritor

Youtuber | Escrita cabeçuda

Brasília - DF

Gostou do artigo?

Comente abaixo sua opinião sobre o assunto e convide o autor da postagem para conversar!

Se inscreva e receba
novidades exclusivas
da cúpula do trovão!

Gosta de animes e mangás? Conheça o nosso podcast!