Análise

Doubt é bom? Vale a pena ler o mangá? | Crítica

Doubt: quase um Among Us, só que mais violento e macabro
7 minutos para a leitura

Seis “amigos”, um assassino entre eles e um jogo bizarro se tornando real. Essa é, basicamente, a narrativa do mangá Doubt, escrito e ilustrado por Yoshiki Tonogai. Comprei faz uns quatro anos ou mais, e só agora peguei para ler. O mais engraçado é que demorei todo esse tempo para finalizar em apenas um dia. Isto graças a leitura dinâmica e fluida do mangá.

Já devo ter comentado outras vezes aqui, talvez até no texto sobre Fort of Apocalypse, que histórias de mistério, como a de Doubt, sempre me cativam. No geral, acredito que funcione com quase todas as pessoas. Um grande mistério, pessoas envolvidas, a busca emocionante pelas respostas, quem é que não curte isso?!

Aqui Em Doubt não é diferente. Temos uma grande incógnita, pessoas envolvidas e uma resposta que se busca para desvendar todas as motivações. Mas afinal, como é, de fato, a história de Doubt?

personagens principais do mangá
  • Autor: Yoshiki Tonogai (História & Arte)
  • Ano de publicação: 12 de julho de 2007 a 12 de fevereiro de 2009
  • Capítulos: 21(completo em 4 volumes)
  • Gêneros: Mistério, suspense, psicológico

Rabbit Doubt

Recentemente, um jogo de celular chamado Rabbit Doubt tornou-se extremamente conhecido no Japão. Muitas pessoas começaram a se entregar à jogatina. Além do mais, também os nossos próprios seis personagens principais da trama.

Em resumo, o jogo trata-se de coelhos. Entre eles, está um lobo disfarçado. Os jogadores precisam encontrar o lobo antes que ele mate todos os coelhos. E vai me dizer que isso não te lembrou Among Us, um jogo que até um tempo atrás era uma febre mundial?!

among us, descobrindo o impostor

O fato é que, enquanto apenas um jogo, tudo bem. O problema era o que estava por vir. Nossos protagonistas decidem se encontrar e, resumindo, são dopados e levados para um lugar estranho onde começam a viver o Rabbit Doubt.

Enfim começam os trabalhos de Doubt. Devo dizer aqui que, a partir deste ponto, é impossível parar de ler este mangá. O autor trabalha bem a questão da imersividade. A cada novo momento o plot vai ficando mais sombrio e misterioso. Ademais, enquanto as mortes vão acontecendo, passa-se pela cabeça quem deles pode ser e o porquê.

o jogo que deu origem a tudo

Independente, há sempre um motivo

O que nos leva até o desfecho de Doubt certamente são as respostas. Doubt possui um plot-twist interessante em seu final. Entretanto, este mangá é daqueles que não se pode comentar muita coisa, porque senão estraga toda a experiência. E o propósito desse texto não é dar nenhum spoiler.

Para mais, o foco que busco aqui é mostrar como não é necessário um motivo significativo o bastante para realizar tais atos, mesmo os mais extremos. Doubt denota que tudo é questão de rancor e da necessidade de apenas um empurrãozinho para que algo crie forças.

descubra o assassino entre eles

Muitas vezes assisti eventos onde me perguntava por que aquilo havia acontecido por um motivo tão pueril. O ponto é que, PARA MIM, aquilo não tinha significado. Mas existe toda uma complexidade na cabeça do ser humano que o leva a acreditar em suas paranoias como uma filosofia absoluta.

Não estou dizendo que tudo é justificável. Muito pelo contrário. O que estou tentando passar é que geralmente existe um motivo. Mesmo ele não fazendo o menor sentido. E presenciamos isto ao final de Doubt, onde tudo aconteceu por meio de um forte sentimento de rancor. Porém, vamos ficar somente por aqui. Se quiser saber mais, leia o mangá.

Finalizando a crítica sobre o mangá Doubt

Em síntese, leia o mangá Doubt. É interessante.

Não vou dizer que amei, mas foi uma experiência legal. Principalmente pelo fato de ter conseguido me fascinar totalmente.

Aliás, uma coisa que preciso salientar aqui acerca do final é que, na minha concepção, é preciso acreditar em um determinado conceito apresentado pelo autor para tornar mais expressiva a resolução proposta.

Não que não faça nenhum sentido, mas é que talvez possa ser questionável. Porém, eu deixo isso em aberto para você, que ficou curioso, ir atrás.

E, em conclusão, também gravei um vídeo sobre o mangá. Caso queira assistir, segue abaixo:

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Escrito por

Welerson Silva

Jornalista e Escritor

Youtuber | Escrita cabeçuda

Brasília - DF

Entre na conversa, deixe seu comentário!

Comente abaixo sua opinião sobre o assunto e convide o autor da postagem para conversar!
Ei! Antes de você ir.
Se gosta de animes tanto quanto nós

Conheça nosso podcast sobre animes e mangás no Youtube!

Não se preocupe, ao clicar irá abrir uma nova aba. E você vai poder continuar sua leitura.

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Ao navegar nele você está aceitando nossa política de privacidade.