Análise

Solanin é bom? Vale a pena ler o mangá? | Crítica

Solanin é um mangá sobre determinação, dificuldade e medos do futuro
11 minutos para a leitura
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no pocket

Solanin é aquele tipo de leitura que te deixa à deriva na vida quando você a finaliza. E por quê? A obra se atem a desenvolver uma grande jornada acerca da vida e suas problemáticas. Afinal, estamos falando de um slice-of-life de respeito, uma vez que o autor é o aclamado Inio Asano.

Aliás, Inio Asano é um dos meus mangakás favoritos, se não o favorito. E, ao me conhecer melhor, fica claro o porquê dessa preferência. Inclusive, no primeiro Listão da Cúpula, minha indicação foi Boa Noite Punpun. E assim como Punpun, Solanin acerta o âmago do ser humano.

Mas fique tranquilo que não é tão pesado quanto Boa Noite Punpun. Porém, ainda assim, é um mangá que te faz refletir bastante. Eu mesmo sinto um misto de ansiedade com aceitação e tristeza. E tudo isso faz parte do processo de leitura desta obra.

protagonista do mangá Solanin

Ademais, você também precisa ter conhecimento de que Solanin é um mangá que aborda sobre a vida, sonhos e também sobre música. A propósito, escrevi uma análise sobre o anime de Shigatsu wa Kimi no Uso, que também possui uma narrativa envolvendo a música.

Além da música, a história também discorre bastante sobre questões da vida, dificuldades e a subversão delas. Recomendo fortemente que assista Shigatsu. Mas antes, dê uma lida no texto. É sem spoilers.

Por fim, o mangá foi licenciado e publicado no Brasil pela editora L&PM Editores. Porém, hoje em dia, é praticamente impossível encontrá-lo. Mas se chegar a achar, pode ter certeza que o preço não vale a compra. A não ser que você o deseje muito.

Mas afinal, o que encontramos no mangá Solanin?

“Há um demônio espreitando Tokyo!”

Essa é uma frase proferida por Meiko Inoue, a protagonista da série. Aliás, o mangá é dividida em dois volumes. E a Meiko é uma personagem com problemas reais. Para você que não conhece as obras de Inio Asano, ou mesmo não conhece o autor, ele trabalha desta forma.

Asano desenvolve suas histórias a partir da realidade. Algumas fogem um pouco, mas ele tenta sempre manter os pés no chão. E é por este motivo que o considero um dos meus favoritos, como supracitado.

a tristeza de meiko em solanin

A partir do momento em que temos um enredo sobre questões reais, podemos sentir que é tangível que uma ideia passada por um mangá pode ser aplicada em nossas vidas não ficcionais. Logo, Meiko é uma personagem que sofre por estar viva. Não por odiá-la, mas por suas dificuldades.

Quando a garota diz que há um demônio espreitando Tokyo, ela quer dizer que existe uma grande pressão ao seu redor. Uma sensação de que as coisas parecem nunca ser agradáveis ou mesmo felizes de fato. Ao ler Solanin, acompanhamos a vida da jovem e como ela lida com as situações.

A subjetividade do que é ser feliz e a juventude

O que é ser feliz para você? Ao mesmo tempo que é uma pergunta complexa, também é simples. É possível encontrar “n” respostas para esse questionamento. E a verdade é que todas estariam certas. Meiko buscava a felicidade, porém não sabia como. Ou melhor, ela não sabia o que era isso.

A jovem, filha de agricultores, decidiu se mudar para Tokyo em busca de uma vida diferente. Afinal, ela era extremamente consumista. Ela trabalhava em um escritório comum e exercia uma função comum. Por ser nova, sempre acreditava que deveria almejar algo maior e melhor.

o que é felicidade em solanin

Também, como jovem, julgava os métodos e atitudes dos “adultos”. Para ela, nada fazia sentido, mas todos diziam “tanto faz” para tudo. Porque era dessa forma que a vida seguia. Em um eterno “tanto faz”.

Então, em um determinado dia, ela se cansa daquela estagnação e apresenta sua carta de demissão para seu superior. A partir desse momento ela passa a viver uma vida menos preocupada e sente-se aliviada. Pelo menos por um curto espaço de tempo.

A insatisfação com a vida e a busca incessante pela realização dos sonhos

Após vários dias e várias semanas em casa, sem fazer absolutamente nada, Meiko descobre que a liberdade sem propósito é ócio. A vida seguia e as contas chegavam o tempo todo. E Naruo Taneda, seu namorado com quem morava junto, trabalhava, meio período, como desenhista em um jornal.

Taneda sozinho não podia dar conta da casa. Além disto, ele também tinha uma banda, que vez parecia que deseja viver daquilo, vez parecia que era apenas uma forma de se distanciar dos problemas oriundos da vida. Todavia, essa banda possui um forte significado dentro da história.

o relacionamento em solanin

Neste ponto da história, é muito fácil sentir empatia pelos personagens e criar uma afinidade absurda. Possível até sentir o peso que eles carregam consigo e também suas dores.

Histórias slice-of-life podem ser consideradas um tanto subestimadas por serem “chatas e paradas”, mas são muito importantes e significativas para a vida. Principalmente para a forma que enxergamos ela. Possui a capacidade de moldar ou mesmo aprimorar o prisma.

Não se pode viver somente de amor… mas Solanin mostra que é possível tentar

Por muito já ouvimos a frase “quando o dinheiro acaba, o amor pula pela janela”. É bastante comum presenciarmos alguém comentando sobre isso quando se trata de dificuldades em um relacionamento. E caso você nunca tenha ouvido isto, você é privilegiado sim.

Sobretudo, Solanin denota uma ideia, não totalmente oposta, mas com determinadas ações que mostram que o amor pode sim se manter inabalável e corroborar para que as adversidades sejam vencidas.

a força do amor no mangá

Meiko e Taneda se conheceram na faculdade e, desde então, em seis anos, nunca se separaram. Sempre estiveram lado a lado. E quando decidiram morar juntos e viver por conta própria, encontraram os baques da vida. Mas mesmo assim nunca soltaram a mão um do outro.

Enquanto os problemas apareciam, eles mantinham-se fortes, mesmo que a realidade não fosse essa. Porque nenhum queria mostrar que a dureza da vida era maior que o amor que um sentia pelo outro. E assim eles viviam um dia de cada vez, apoiando-se um no outro.

A banda de rock fundada na faculdade e os eternos laços de amizade

Lembra que eu comentei sobre a importância que a banda tem na história? Fica ainda mais notório quando se lê o mangá. Então a ideia aqui será mais sintetizada. Mas é a partir dessa banda que surge os objetivos. Não somente do Taneda, mas posteriormente da Meiko também.

Porém, para entendê-los melhor, seria necessário contar um grande spoiler aqui neste texto, e esse não é o objetivo. Então, se quer saber o que acontece, sugiro que leia Solanin.

Com esse sonho da banda, também vieram os amigos, que sempre estiveram presentes nos momentos de dificuldade.

Esta é uma das maiores verdades da vida. Precisamos de amigos. Amigos verdadeiros. Amigos leais. Podemos acreditar que sozinhos conseguiremos, mas, um hora, não será possível ser individualista. Quando esse momento chegar, certifique-se de ter pessoas que te amam por perto.

Solanin mostra que a vida é complicada e sem sentido às vezes, mas tudo se resolve no final

Não posso afirmar que o final de Solanin é feliz. Talvez, pelo título do tópico você tenha chegado a conjecturar que fosse isto. Todavia, não está muito distante de ser algo “normal”, ao mesmo tempo que doloroso.

Afinal, a vida é isso. Nem sempre é bom ou ruim. Ela pode ser normal, mas sempre deixando cicatrizes impossíveis de serem curadas. Mas o fato é um: as coisas sempre tendem a voltar aos trilhos, mesmo com as inúmeras oscilações e momentos que parecem que nada mais dará certo.

A vida é um grande teste. E você não ganha o título de vencedor somente por conseguir sobreviver. Você se torna merecedor dele somente por todos os dias tentar, mesmo com os percalços.

a vida é difícil, mas uma hora era ameniza

Finalizando a crítica de Solanin

Em suma, leia Solanin. Primeiro por ser uma obra do Inio Asano, logo é muito rica em conteúdo. Segundo, porque é um mangá que fará você refletir sobre a vida, sobre atitudes e também sobre o futuro.

Eu reli a obra pela segunda vez para poder escrever este texto. E, sinceramente, conseguiu trazer à tona todas as sensações que tive quando li pela primeira vez. Ademais, caso queira maiores informações sobre o mangá, você pode conferir por meio do MyAnimeList.

Por fim, a imersão que Solanin e as demais obras de Inio Asano causam é surreal. Portanto, dê uma chance à Solanin.

Escrito por

Welerson Silva

Jornalista e Escritor

Youtuber | Escrita cabeçuda

Brasília - DF

Gostou do artigo?

Comente abaixo sua opinião sobre o assunto e convide o autor da postagem para conversar!

Se inscreva e receba
novidades exclusivas
da cúpula do trovão!