Notícias

One Piece passou os 480 milhões de cópias em circulação no mundo!

2 minutos para leitura
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no pocket

Demon Slayer e Jujutsu Kaisen podem fazer a fama que quiserem, mas eu ponho minha mão no fogo para afirma que será muito, muito difícil essas 2 obras (ou qualquer outra) fazer o que One Piece fez (e ainda faz!) no mundo inteiro… Agora, mais uma incrível marca atingida: mais de 480 milhões de cópias do mangá já estão em circulação no mundo inteiro.

capa do volume 98 de one piece
Capa do Volume 98 de One Piece que lançou agora no Japão

É claro que é uma comparação injusta, afinal, Demon Slayer e Jujutsu Kaisen possuem menos de 30 volumes cada, enquanto o mangá do pirata que estica já tem quase 100 publicados. Dessa forma, 1 fã assíduo One Piece sozinho pode comprar 3X mais mangás que um fã de Demon Slayer.

Mas, de qualquer maneira, acho bom sempre trazer números para comparação e nós lembrarmos que One Piece ainda é o mangá que mais vendeu na história, em segundo lugar temos Dragon Ball (entre 250 e 300 milhões), seguido por Golgo 13 (280 milhões). E para fechar a comparação, Demon Slayer, hoje, soma 100 milhões aproximados, o que é de fato muito impressionante.

Um curiosidade é que os volumes no Japão custam, em média, uns 500~600 ienes cada, traduzindo para cá, uns 23~27 reais. Multiplicando 480 milhões por isso, temos 12 bilhões de reais. Eu sei que One Piece não lançou custando tudo isso por volume, mas cara… É muita grana, eim? Se realmente o Oda ganha 10% por royalties… Nossa.

O Japão é responsável pela maior parte delas, com 400 milhões estando por lá, e os 80 milhões restantes no mundo inteiro.

Fonte: ANN

Escrito por

André Uggioni

Co-Fundador

Editor-chefe | Host do CúpulaCast

Criciúma - SC

Gostou do artigo?

Comente abaixo sua opinião sobre o assunto e convide o autor da postagem para conversar!

Se inscreva e receba
novidades exclusivas
da cúpula do trovão!

Gosta de animes e mangás? Conheça o nosso podcast!