Em nossas RegrasDe3, os autores assistem os 3 primeiros episódios de um anime novo lançado na respectiva temporada. Após isso, eles escrevem uma análise sobre esse começo da obra, sendo uma espécie de primeiras impressões. Fique atento: a RegraDe3 é uma visão baseada APENAS nesses 3 primeiros episódios, NÃO sobre o anime inteiro.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no pocket

Aparentemente, Godzilla Singular Point não era um anime esperado por muitos. Entretanto, se tornou bastante querido. Talvez por sua temática de monstros gigantes, mecha, teorias e, claro, o Godzilla.

No que tange à narrativa de Godzilla Singular Point, não é algo inovador no mercado. Porém, não é somente de ideias originais que a indústria se mantém ou denota o fato de ser bom ou ruim.

O anime, por fim, conduz uma cadeia de acontecimentos bastante interessante. E de alguma forma, prende o telespectador. Talvez seja pelo fato de construir uma sequência de acontecimentos que, ao final, culmina em algo grandioso.

Aliás, este anime é original Netflix. Porém, curiosamente ainda não está disponível no catálogo da plataforma. Pelo menos não até a produção deste texto.

Mas afinal, o que você irá encontrar em Godzilla Singular Point, exatamente? Continue a leitura e descubra.

pôster Godzilla Singular Point
  • Gênero: Ação , Ficção Científica , Mecha
  • Estúdio: Bones , Orange
  • Material: Original
  • Episódios: 13
  • Novos episódios: Quintas-Feiras
  • Página do anime (na Cúpula) (no MAL)

A história de Godzilla Singular Point

Como evidenciado na ficha técnica, a animação é de responsabilidade dos estúdios Bones e Orange. Ambos são ótimos estúdios. E isto é claramente nítido no decorrer dos episódios.

Além do mais, em determinados momentos, o anime utiliza o CGI como recurso. Quanto a isto, o estúdio Orange tem bagagem. Afinal, foi responsável pela adaptação de Beastars, um anime full CGI.

Todavia, do que se trata este anime? Basicamente, sobre a invasão de monstros na Terra. Mas existe todo um processo construtivo até a chagada de fato deste momento.

personagens principais

Logo de início, Godzilla Singular Point já nos introduz com uma série de questionamentos e afirmações complexas, com transições rápidas de imagens. Perigoso até passar mal nos primeiros segundos.

Posteriormente, iniciamos de fato o enredo. Basicamente, existe uma casa considerada mal assombrada, onde pessoas acreditam que há o pior nela. A partir disto, dois jovens engenheiros decidem se aventurar e descobrir o que há de anormal neste lugar.

Quando, enfim, encontram uma passagem secreta, observam que há uma espécie de rádio, transmitindo uma música misteriosa. E é a partir desta canção que coisas estranhas começam a acontecer.

O presságio do sinal vermelho

Quando uma luz vermelha em uma determinada instalação começa a sinalizar, os responsáveis desconfiam de que algo de ruim está para acontecer. Entretanto, é um caso sem precedentes. Logo, ninguém sabe exatamente como agir.

Mas por algum motivo, parece que aquela organização sabe mais do que fala. Talvez isto seja algo que será mais trabalhado até o final da temporada.

o sinal vermelho

Então, para tentar desvendar os mistérios por trás de tudo isto, surgem nossos protagonistas. Mei Kamino é uma pesquisadora. Quanto a Yun Arikawa, ele é um engenheiro. Ambos extremamente inteligentes.

Ademais, com a cooperação deles, talvez seja possível desvendar os mistérios que começaram a surgir.

protagonista de Godzilla Singular Point
protagonista masculino de Godzilla Singular Point

Os eventos sem precedentes

Godzilla Singular Point segue uma narrativa bastante linear. O anime desenvolve-se com a calmaria, as mudanças e, enfim, o caos. Aliás, o primeiro episódio só vem ser empolgante de fato nos minutos finais. Dessa forma, deixa a ansiedade do que está para acontecer no próximo episódio nas alturas.

Após a canção misteriosa e o sinal vermelho, surgem os extintos pterodáctilos. E para esses personagens foi utilizado o recurso de CGI. Aparentemente por motivos de “sair mais barato”.

O segundo episódio retrata mais a ideia de caos. Com o surgimento desses seres, a população começa a entrar em desespero. Contudo, o que permeia esta fato continua na penumbra. E o elemento mistério funciona bem neste anime.

pterodáctilo em CGI no anime Godzilla Singular Point

Com a chegada do terceiro episódio, a ideia mais distópica da coisa começa a fazer mais sentido. Não somente pelo fato dos pterodáctilos e por eles parecerem responder a ondas sonoras, mas também por começar a ter leves indícios de que outras criaturas assustadoras estão prestes a ser introduzidas no contexto.

E quanto ao Godzilla? Afinal, ele deve ser o maior foco desta obra. Infelizmente, nada dele ainda. A não ser pela presença que ele marca na opening. E, enfim, era de se esperar que iriam guardar o melhor para o final.

o famoso godzilla

O recurso da tecnologia e a internet como auxiliadora

Outro ponto bastante interessante em Godzilla Singular Point é a tecnologia e também as vertentes dela. Aparentemente a história é futurista, logo, existem muitos recursos avançados.

A critério de exemplo, temos a inteligência artificial criada para Mei Kamino. E que é muito legal. Com base nisso, é possível abrir uma pequena discussão que já é bastante saturada: as IA irão dominar o mundo?!

É uma linha tênue entre praticidade e invasão. Porém, é apenas um questionamento que fica acerca disto. Ademais, também é possível notar a importância da internet, como redes sociais, dentro do universo do anime.

A partir dessas redes sociais as informações são disseminadas, deixando a par as pessoas do que esses eventos estão causando e também possíveis teorias. Neste quesito, o trabalho jornalístico também deve ser exaltado.

Os aspectos da história que referencia o gênero mecha

Ademais, para finalizarmos, temos a presença de um robô. Ele foi construído pelo chefe do Yun Arikawa. A ideia que fica e que se potencializa no segundo episódio é a de que esse robô será usado para combater esses seres.

gênero mecha no anime

É possível também que ele seja o grande adversário do Godzilla após sua aparição. Mas por enquanto são apenas teorias. Se quiser saber se de fato será isso, continue acompanhando Godzilla Singular Point.

Finalizando as primeiras impressões de Godzilla Singular Point

Por fim, Godzilla Singular Point é um anime interessante. Apesar de eu não dar continuidade para ele, parece valer a pena, pelo menos um pouco.

E o motivo de eu dropar o anime: simplesmente por preguiça de continuar e também por já ter vários outros na lista. Quer sejam eles da temporada ou não. Inclusive, tem muitos dessa temporada que já saíram e eu ainda não assisti.

Também, muitas pessoas estão curtindo a história e esperando o melhor dele. Então talvez valha a pena dar uma chance. Ou mesmo assistir os três primeiros episódios.

A grosso modo, você encontrará esses pontos na história. Não me recordo se há outros. Talvez sim. Mas é possível que eu tenha esquecido. Então, a desencargo de consciência, assista e tire suas próprias conclusões sobre o anime.

Conheça nosso guia da temporada! Lá tem todos os animes das respectivas temporadas de animes que saem!

CONHECER O GUIA!

Veja as escolhas trovejantes dessa temporada no nosso mini-guia!

VER AS ESCOLHAS TROVEJANTES!!

Escrito por

Welerson Silva

Jornalista e Escritor

Youtuber | Escrita cabeçuda

Brasília - DF

Gostou do artigo?

Comente abaixo sua opinião sobre o assunto e convide o autor da postagem para conversar!

Se inscreva e receba
novidades exclusivas
da cúpula do trovão!

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Ao navegar nele você está aceitando nossa política de privacidade.
Gosta de animes e mangás? Conheça o nosso podcast!