Regra de 3

RegraDe3 | Listeners e seus mechas: hoje é dia de rock bebê!

8 minutos para leitura

Em nossas RegrasDe3, os autores assistem os 3 primeiros episódios de um anime novo lançado na respectiva temporada. Após isso, eles escrevem uma análise sobre esse começo da obra, sendo uma espécie de primeiras impressões. Fique atento: a RegraDe3 é uma visão baseada APENAS nesses 3 primeiros episódios, NÃO sobre o anime inteiro.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no pocket

Quando me deparei com a arte conceito do anime Listeners, nunca imaginaria robôs gigantes nesta animação.

listeners poster
  • Gênero: Mecha, Música, Sci-Fi
  • Episódios: 12
  • Studio: MAPPA (Banana Fish, Dororo)
  • Diretor: Andou Hiroaki
  • Material Original: Original
  • Novos episódios: Sábados

Tanto é que, quando fui ler mais sobre o anime antes de assisti-lo, achei estar olhando errado no nosso guia da temporada quando li a palavra “Mecha”.

Mas o que rock, mecha e inimigos denominados “Sem Ouvidos” tem para oferecer nessa obra? Segue no texto que garanto que algo de bom tem nessa mistura.

Primeiramente acredito que o termo “música” deveria ser tirado do gênero de Listeners.

Não estou dizendo que a música para a obra não é importante, pelo contrário, ela é essencial para construção do mundo. Porém o anime não é musical estilo Carole and Tuesday, que de fato possuem cenas musicais.

Em Listeners, os personagens utilizam equipamentos que remetem a música, como por exemplo, o amplificador sendo o núcleo de seus Mechas.

Listeners anime capa notícia

Fiquem calmos que irei explanar melhor como funciona a relação dos Players (personagens que possuem o dom de pilotar um mecha) com seus robôs.

Só gostaria de deixar claro que estamos de frente para um anime Shounen Mecha e não algo sobre “o poder da música” ou algo do tipo.

Já diria Mamonas Assassinas “o meu work é playar

De início somos apresentados a Echo, um jovem catador de lixo que aparentemente gosta muito do que faz. Até insinua no primeiro episódio que, se sua vida for todos os dias ir ao lixão catar lixo, será muito feliz assim.

Echo ainda possui um hobby de estudar tudo sobre os players e com algumas sucatas que leva pra casa tentar criar algo.

Em um belo dia catando lixo, se depara com uma jovem desacordada em meio aos escombros do lixão. Echo então leva a jovem para sua casa.

Quando ela acorda assustada, Echo percebe que em suas costas a moça possui uma “entrada Plug-in”, sendo assim, ela é uma “Player“.

Digo isso, pois os Players possuem uma entrada Plug-in que os permitem se conectar a algum amplificador, para então “summonar” um Mecha, que no anime é chamado equipamento.

Porém na primeira conversa, a garota relata não lembrar de absolutamente nada, nem de como foi parar no lixão. No dia seguinte, a cidade é atacada por monstros gigantes, que neste mundo são chamados de Sem Ouvidos.

Lembra que disse que Echo possui um hobby de levar sucatas para sua casa e criar algo? Então, como ele ama o universo dos players, com as peças que coletou, o garoto havia criado um amplificador.

A jovem (que não possui nome, apelidada de “Mu” por Echo) se pluga a criação de Echo e consegue salvar o dia, afinal ela esqueceu de tudo, menos aquilo que nasceu para fazer: matar os Sem Ouvidos.

E então os dois saem por uma jornada para tentar descobrir qual a história real de Mu e desvendar os mistérios dos Sem Ouvidos e o mundo dos Players.

Mas… cadê o rock em Listeners?

O enredo parece e é simples, uma mistura de “jornada do herói” com a carta “esqueci minha memória”. Porém, o mundo dessa obra parece ser muito promissor.

Existe toda uma separação entre os mais ricos e os mais pobres, até uma certa descriminação dos pobres pelos players, que são os heróis vangloriados daquele mundo.

E o mais bacana ao meu ver é a essência do rock sendo sentida nos episódios de uma maneira diferente.

Digo isso, pois como já avisado anteriormente, não temos músicas sendo tocadas no anime, apenas amplificadores que se transformam em Mechas.

Porém a trilha sonora de Listeners é empolgante, com uma pegada rock! Para se ter uma ideia, nas batalhas de Mechas contra Sem Ouvidos, ou Mecha contra Mecha, se ouve distorções de guitarra como sonoridade de combate.

E digo mais, os combates até são fracos, o que salva mesmo, é o rock neles.

O Rock vive em Listeners!

Outra forma de vermos a musicalidade do anime são nas referências, tipo o amplificador que Echo criou é da marca Vox e o nome dado ao Mecha é AC30.

Esse modelo foi usado nada mais nada menos do que por Kurt Cobain do Nirvana. Aliás, deixo aqui uma lista dos músicos que já utilizaram este modelo.

O Player lendário “Jimi”, que aparece só em histórias por enquanto é uma referência a Jimi Hendrix. Aliás, este personagem é o que mais intriga no anime, pois ele possui alguma ligação com Mu que precisa ser descoberta.

Mas a maior referencia apareceu no terceiro episódio, pois, bem dizer, foi um episódio inteiro em homenagem a banda My Bloody Valentine.

Primeiraente, somos apresentados a Kevin e Bilin Valentine, uma alusão a Kevin Shields e Bilinda Butcher, integrantes de My Blood Valentine.

Além de um determinado momento Kevin e Bilin entoarem, em inglês, a seguinte frase “I can see it” e “but, I can’t feel it” que é o nome de uma música da banda MBV.

No forum do MyAnimeList já estão rolando especulações que os próximos episódios devem ter referencias a banda Sonic Youth e até mesmo Nirvana.

Finalizando…

Esperava que os Sem Ouvidos fossem mais presentes na obra, em três episódios já deu para perceber que serão como os zumbis de Walking Dead: existem, o mundo se transformou por culpa deles.

Porém o enredo é sobre os humanos, sendo os Sem Ouvidos apenas bonecos para os players baterem.

Em suma, espero que as pontas abertas se fechem de maneira aceitável, pelo caminhar do terceiro episódio, deu para perceber que está aparecendo um rumo para a história.

Até agora, Listeners está sendo um anime mediano, que em alguns pontos te faz querer entender a história, porém em alguns momentos parece estar viajando demais.

Conseguiu me captar pelo rock e a espera de plot bacana. Já deram uma chance a ele?

E não deixe de acompanhar nossas RegrasDe3 da temporada. Além disso, você pode usar nosso guia da temporada para acompanhar os animes que estão saindo também!

Regra de 3 logo

Escrito por

Hugo Brogni

Escritor

Inciante | Barbudo | Pseudo marombeiro

Criciúma - SC

Gostou do artigo?

Comente abaixo sua opinião sobre o assunto e convide o autor da postagem para conversar!

Se inscreva e receba
novidades exclusivas
da cúpula do trovão!

Ir para o topo