Notícias

Anime de Black Clover acaba em 30 de março e o que isso pode significar para a indústria

4 minutos para leitura
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no pocket

Atualmente Black Clover está com 162 episódios, mas o twitter oficial da série anunciou que a adaptação para anime da história se encerrará ao final de março no dia 30, ou seja, mais ou menos no final da temporada de inverno 2021. Junto ao anuncio em texto (que tá tudo em japonês), divulgaram um vídeo promocional e um aviso de que teremos um “anúncio importante” sobre a série.

Quem acompanha as notícias que escrevo por aqui, ou até mesmo artigo mais complexos que já fiz, como aquele onde descrevo o que são fillers e para que servem, já meio que tinha em mente que algo assim poderia acontecer mais cedo ou mais tarde.

O CúpulaCast também é um ótimo lugar para você pegar notícias e captar essas “mudanças” da indústria, pois estamos sempre falando sobre coisas assim por lá. Mas do que estou falando? Estou falando da “nova forma de fazer shonen de porrada”.

E isso provavelmente começou com obras como Boku no Hero e Nanatsu no Taizai, mas agora oficializou com Jujutsu Kaisen e, principalmente, com Demon Slayer.

Todos esses animes foram produzidos (ou estão sendo, no caso de alguns) em formato de animes de temporada, e não em formato de animes de audiência.

O motivo eu explico melhor no artigo sobre fillers, mas basicamente, acredito que seja porque dessa forma a produção do anime não precisa ficar se preocupando em alcançar o material original.

Mas esse é apenas um dos motivos, porque o fator “tempo de produção”, “ritmo de adaptação” e também o fator “estreia” ou “retorno” também estão na conta.

Resume pra mim, André…

Em suma, produzir shonen de porrada assim, com animações de deixar o queixo cair, com menos episódios, e com um ritmo mais controlado de adaptação, fora um ótimo marketing, vem entregando um resultado estupendo em vendas do material original.

No caso de Demon Slayer e de Jujutsu Kaisen, as vendas de ambos estão estourando nos últimos tempos, e muitos acreditam que os animes são os principais gatilhos para esse boom em vendas (reparem que escrevi gatilhos, ou seja, o que “começou”, não que os animes lindos são o motivo exclusivo para o sucesso de vendas dos originais).

Black Clover, um anime que é bastante popular, anunciar o encerramento do anime em seu “esplendor”, como alguns fãs defendem, é no mínimo bem estranho. Digo, é popular, fora e dentro do Japão…

Então isso só me leva a acreditar que eles pretendem adotar a estratégia “Demon Jujutsu” ou “Jujutsu Slayer” aqui; em outras palavras, começar a produzir Black Clover em temporadas menores, com um nível maior de qualidade e de produção num geral.

Acredito que é uma escolha ousada, mas que os números que temos hoje mostram que a chance de dar certo é alta. Por fim, acho que o tal anúncio importante que citei na introdução será a divulgação de 1) um filme canônico; 2) um formato de temporada para o anime.

Mas só o tempo dirá o resultado disso.

asta sorrindo black clover num ambiente escuro com janela ao fundo

Fonte: ANN

Escrito por

André Uggioni

Co-Fundador

Editor-chefe | Host do CúpulaCast

Criciúma - SC

Gostou do artigo?

Comente abaixo sua opinião sobre o assunto e convide o autor da postagem para conversar!

Se inscreva e receba
novidades exclusivas
da cúpula do trovão!

Gosta de animes e mangás? Conheça o nosso podcast!