Análise

Tenkuu Shinpan: Sem Saída, da Netflix, é bom? Vale a pena? | Crítica

Tenkuu Shinpan: você só deve assistir se estiver Sem Saída
9 minutos para leitura
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no pocket

Tenkuu Shinpan ou Sem Saída é um anime que leva o selo Original Netflix em parceria com estúdio Zero-G. A animação é uma adaptação do mangá de mesmo nome. Contudo, será que levar o selo da Netflix é o suficiente para dizer que a animação é acima da média?

Para responder esta pergunta, este texto pretende tirar as máscaras de Sem Saída e esclarecer do que se trata o anime. Ma,s claro, sem spoilers que possam prejudicar sua experiência (o anime já faz isso muito bem).

O enredo magnífico de Tenkuu Shinpan

O anime nos traz uma premissa muito interessante. Primeiramente, nos apresenta um mundo no qual pessoas estão acordando no topo de arranha-céus, não sabendo o porquê.

Além dessas pessoas comuns, existem outras pessoas que usam máscaras, as quais possuem a tarefa de desencadear o puro medo nos seres comuns. Assim, os desprotegidos acabam ficando Sem Saída~, e se suicidam.

No meio dessa realidade caótica, o anime nos apresenta a protagonista Yuri Honjo, uma colegial que acorda em um destes arranha-céus. Num primeiro momento ela entra em contato com seu irmão Rika Honjo, que também está preso neste mundo. Contudo, por meio desta ligação, os irmãos descobrem que estão longe um do outro, sendo assim, resolvem que o mais importante é se manterem vivos e se encontrarem.

Será que o encontro irá acontecer? Irão os dois sobreviver aos mascarados? É nesse clima de suspense que entramos em meio a está história!

Entretanto, parecia melhor do que foi…

Infelizmente, o que acontece após 5 minutos do primeiro episódio é a total negligência dos envolvidos em manter este clima de terror e suspense. Para começo, no primeiro episódio, quando iria acontecer um momento de suspense, onde nós telespectadores já estávamos começando a criar certa empatia pela Yuri, ao invés de permanecer num clima caótico e desesperador, Tenkuu Shinpan resolve sensualizar a cena.

Em segundo lugar, a protagonista Yuri Honjo é muito sem sal e parece em muitos momentos estar tranquila e até feliz em estar neste local terrível, mas outrora está tensa, com medo, e duvidosa. Ela oscila demais.

Mas é exatamente isso que você leu, o anime vira uma aventura recheada de ecchi, esquecendo completamente o teor de suspense da história.

Só para deixar um aviso, recuso-me a comentar novamente (pois já falamos bastante sobre isso no CúpulaCast) sobre a questão de Sem Saída possuir ecchi desnecessária e muitas calcinhas. Portanto não irei mais tocar nesse assunto neste artigo. Porém, saibam: EXISTE MUITO ECCHI DESNECESSÁRIO NESTE ANIME.

Enfim, todo desespero que é entregue nos primeiros momentos do anime e uma protagonista tendo que sobreviver aflita cai por terra. Consequentemente, Tenkuu Shinpan se torna um anime fraco que não consegue te fisgar a ponto de que você tenha vontade de continuar assistindo a seus episódios.

A falta de “um Vegeta”

Outro ponto fraco do anime são os personagens que interagem com Yuri durante a trama. Como estamos em meio a inimigos mascarados e pessoas desesperadas com vontade de sobreviver, seria natural que quase todos os primeiros contatos sejam ríspidos, afinal, cada um quer se defender e se salvar. Neste ponto não há problema.

Porém, o que acontece na animação é uma troca de papéis desastrosa: num primeiro momento Yuri está brigando com um personagem, num próximo momento já estão trocando abraços como se fossem melhores amigos de infância.

Não existe uma evolução aceitável de personagem. Não acontece nenhuma explicação convincente de como alguns inimigos se tornam amigos, ou vice-versa.

Além disso, todos os personagens coadjuvantes não são nem um pouco carismáticos igual à protagonista. Sendo assim é quase impossível você criar empatia com qualquer ser do universo.

Da mesma forma que o design de personagem como um todo da obra é bem comum, Tenkuu Shinpan não consegue entregar de forma certeira um bom clichê. Veja bem, sou o maior defensor de clichê que você verá na Cúpula, porém, ou você faz algo bem feito ou não faz.

No caso deste anime, percebe-se que ao criar os personagens, os ilustradores usaram um Ctrl+C e Ctrl+V na pasta “personagem genérico”. Além de não conseguir entregar um envolvimento decente entre os personagens e a trama que parecia ótima.

Mas, realmente nada se salva em Sem Saída?

Eles tinham tudo para criar um perfeito anime de suspense ou terror psicológico, tanto é que neste ponto, percebe-se um certo cuidado do autor em criar mascaras diferentes para cada tipo de personagem, um background envolvendo o significado de Deus e anjos.

Momento que, “será que vai?”

Mas, infelizmente, o autor não quis fazer um anime denso com à proposta de suspense, terror, suicídio e desordem que a trama o entrega.

Em alguns momentos, até parece que o anime irá retornar ao aspecto sério e sereno, porém as cenas acabam em uma piada, sequência de ação sem nexo ou a sexualização.

Parece até que estou forçando um pouco a barra, mas infelizmente não estou.

Finalizando a crítica de Tenkuu Shinpan

Perceberam que utilizei algumas vezes a palavra “infelizmente”? Isso porque é realmente o que sinto sobre este anime. A história e esse background meio maluco de Deus, anjos, mascarados e pessoas tentando sobreviver me fascinou.

Porém, a produção do anime te mostra tudo isso no início e depois não utiliza nada! Me lembra até as fitas de Atari ou Nintendinho, que ao ver a capa do jogo, tudo indica que seria algo grandioso, mas quando vamos jogar é simplesmente um amontoado de pixels coloridos.

E um ponto que me deixou um pouco mais chateado foi que no final da primeira temporada, nós telespectadores ficamos com mais dúvidas do que quando iniciamos o anime: literalmente não explicam nada nestes 12 episódios.

E assim com uma história descarrilada, cenas de ação que são comprometidas por escolhas ruins de câmera, personagens genéricos, ecchi desnecessário, isso fora a trilha sonora bizarramente adotada, Sem Saída é apenas mais um anime genérico que, infelizmente, não merece nossa atenção.

Caso mesmo assim tenha ficado alguma dúvida de assistir ou não, fique a vontade para ouvir nossas opiniões no CúpulaCast sobre o anime!

Escrito por

Hugo Brogni

Escritor

Inciante | Barbudo | Pseudo marombeiro

Criciúma - SC

Gostou do artigo?

Comente abaixo sua opinião sobre o assunto e convide o autor da postagem para conversar!

Se inscreva e receba
novidades exclusivas
da cúpula do trovão!

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Ao navegar nele você está aceitando nossa política de privacidade.
Gosta de animes e mangás? Conheça o nosso podcast!