Regra de 3

Dance Dance Danseur | Primeiras impressões

9 minutos para leitura

Em nossas RegrasDe3, os autores assistem os 3 primeiros episódios de um anime novo lançado na respectiva temporada. Após isso, eles escrevem uma análise sobre esse começo da obra, sendo uma espécie de primeiras impressões. Fique atento: a RegraDe3 é uma visão baseada APENAS nesses 3 primeiros episódios, NÃO sobre o anime inteiro.

Dance Dance Danseur foi uma das minhas apostas da temporada. Tanto é que nesse nosso sorteio, que não me pareceu ser muito favorável, eu implorei para pegar esse aqui. E, de forma muito justa, ele também teve espaço nas nossas famosas escolhas trovejantes.

O que, de certa forma, me surpreendeu, tendo em vista a temática. Não que nós não votemos em slice of life, não é o primeiro do gênero em que a gente vota por aqui (inclusive, já cometemos o erro de votar em The Aquatope on The White Sand).

Mas que um anime de dança não seria a temática favorita entre o pessoal daqui. Só que…

Ele tem um trailer bem bonito, uma estética muito chamativa e o bônus de ser feito por um grande estúdio. O MAPPA, apesar de todas as suas intempéries, entrega animes de muita qualidade (às vezes acabando com seus funcionários).

Mas, ao que interessa, abram-se as cortinas e vamos ao espetáculo!

sala de balé em dance dance danseur. O protagonista está no meio segurando uma barra e praticando na frente de espelhos
  • Gênero: Drama
  • Diretor: Munehisa Sakai (Zombieland Saga)
  • Estúdio: MAPPA (Jujutsu Kaisen, Banana Fish)
  • Material: Mangá
  • Onde assistir: Crunchyroll
  • Novos episódios: Sábado

O título já é bem explicativo

Dance Dance Danseur é um anime sobre… dança. Nosso protagonista, o animado e popular Junpei Murao, com um pequeno e significativo contato com o balé durante a infância, acende um fogo em seu coração pela vontade de dançar.

apresentação que o junpei viu quando era menor. Homem de costas com tatuagem. Ele tem cabelos pretos azulados que caem até os ombros e está sentado no palco.
Esse moço protagonizou o balé pelo qual o Junpei se apaixonou. E a cena é impactante!

No entanto, alguns anos depois, o menino, na busca de ser um homem viril como o seu pai, decide entrar para o clube de futebol e praticar uma arte marcial chamada Jeet Kune Do (criada pelo Bruce Lee). E claro, isso foi deixado como legado pelo seu falecido pai, que lhe deixou a incumbência de ser “o homem da casa“.

Com isso, a arte da dança, adormecida em Junpei, reacorda ao conhecer melhor uma colega de sala, Miyako Godai, já que sua mãe é dona de um estúdio de balé. Com um talento explosivo e quase inato, Junpei volta a se descobrir através do balé.

A premissa já é muito diferente. Afinal, quantos animes de balé você viu por aí? Ainda mais, quantos animes de meninos dançando balé você viu por aí? É uma desconstrução super legal para mostrar que qualquer um pode dançar. Junpei entra nessa jornada para recuperar o brilho de sua infância e o amor pela dança.

A delicadeza de Dance Dance Danseur

Recentemente, tivemos uma discussão na Cúpula a qual não chegamos a nenhum resultado sobre a escrita de homens e mulheres, e se há alguma diferença substancial entre elas. A criadora de Dance Dance Danseur é George Asakura, e essa é a primeira adaptação para anime de um de seus trabalhos (uhul!).

Dúvidas à parte a respeito de escrita com relação a gênero, Dance Dance Danseur é muito delicado. E não somente pelos movimentos ou pela trilha sonora (que é muito boa), mas pela valorização dos personagens frente aos próprios sonhos.

Sinceramente, quem mais me pegou não foi o protagonista. O terceiro episódio é fortemente marcado pela presença do rival, o Luou Mori, primo do interesse romântico do protagonista. Ele, de início, parece ser o típico personagem frio e calculista (pique Peaky Blinders).

rival do protagonista, com cabelos brancos e olhos azulados de aparência fria e distante

Entretanto, Luou, ao chegar à escola, sofre bullying por diversos fatores, como não saber kanji. E, na real, é bem doloroso ver como aquele menino sofre após tentar ir à escola depois de muito tempo, não importa o quão rival ele seja.

No ápice de sua vergonha, quando colocaram nele roupas de menina para envergonharem-no publicamente, Luou dança. Diferentemente do que as pessoas esperariam, já que antes ele aguentou calado, ele dança. E que momento impactante!

Qual é o seu sonho?

Eventualmente, falo aqui que nada é mais importante para mim do que a mensagem a respeito de ser quem você verdadeiramente é. Eu imaginei que Dance Dance Danseur fosse tratar de algo assim, e, por isso quis pegá-lo.

Até o momento em que o Luou realiza essa dança, o anime não tinha nada demais. Um esquentadinho que queria esconder do mundo que gosta de balé. Além, a jornada do herói em se descobrir como um grande dançarino. Evidentemente, isso quebra padrões, mas faltava o tchan.

E o terceiro episódio (consagrando a nossa RegraDe3), foi o tchan. Humilhado, envergonhado e tratado como menos que ser humano, Luou puxa a coragem de lugares que nem sabia que tinha para dançar, e brilha muito.

Com isso, o Junpei também decide contar que é um bailarino. E decide assumir a sua verdadeira face “viril”: aquela em que ele é quem é de verdade.

Finalizando as primeiras impressões de Dance Dance Danseur

O que esperar de Dance Dance Danseur? Provavelmente uma jornada de autoconhecimento e de autoafirmação perante as pessoas que Junpei ama e conhece. Talvez você se identifique e tome coragem de fazer algo que você gosta, e se sinta motivado!

Dance Dance Danseur me lembrou um pouco de quando assisti Kageki Shoujo, mas com uma pegada bem mais voltada ao público masculino, com aqueles estereótipos do protagonista esquentadinho e o rival frio.

No entanto, os estereótipos caem, e vemos que todos têm suas dificuldades, mesmo com a história sendo de apenas um ponto de vista.

A direção é muito suave, e tanto a opening como a ending são lindas! Não achei a ending de forma oficial, mas vou deixar a opening por aqui para que vocês sintam mais vontade de ver. Adoro essa direção em primeira pessoa e em visão “olho de peixe”!

Enfim, espero que vocês gostem de Dance Dance Danseur como eu estou gostando! Acho que a mensagem passada é muito importante e pode tocar muitas pessoas que deixaram de fazer o que gostam pelo julgamento alheio.

Voltem aqui depois e me contem o que acharam. Até logo!

Compartilhe
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp

Escrito por

Helena Nunes

Estudante desesperada

Revisora textual | Cantora de chuveiro

Campos - RJ

Entre na conversa, deixe seu comentário!​

Comente abaixo sua opinião sobre o assunto e convide o autor da postagem para conversar!
Ei! Antes de você ir.
Se gosta de animes tanto quanto nós

Conheça nosso podcast sobre animes e mangás no Youtube!

Não se preocupe, ao clicar irá abrir uma nova aba. E você vai poder continuar sua leitura.

Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Ao navegar nele você está aceitando nossa política de privacidade.