Em nossas RegrasDe3, os autores assistem os 3 primeiros episódios de um anime novo lançado na respectiva temporada. Após isso, eles escrevem uma análise sobre esse começo da obra, sendo uma espécie de primeiras impressões. Fique atento: a RegraDe3 é uma visão baseada APENAS nesses 3 primeiros episódios, NÃO sobre o anime inteiro.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no email
Compartilhar no pocket

Começo essas primeiras impressões de Noblesse deixando MAIS DO QUE CLARO que eu NÃO LI O WEBTOON. Portanto, tudo que escrevo aqui se refere somente a experiência que tive assistindo os primeiros 3 episódios do anime que tá saindo agora na temporada de outono (e a maldita OVA que a Crunchyroll parece ter feito QUESTÃO de esconder dos espectadores).

Antes de mais nada, julgo que o uso das caixas altas no último parágrafo são mais do que justificáveis, ainda mais porque estou EXTRAMAMENTE (olha aí o capslock de novo) desapontado com o que vi até agora de Noblesse.

Talvez a maior parte da culpa seja MINHA (mais uma vez!) por ter criado certas expectativas sobre a essa história.

Mas, acho que criar expectativas sobre um dos webtoons mais lidos do mundo é completamente válido, né? Ou, continua sendo só culpa minha?

Enfim… Vamos começar essa RegraDe3!

Noblesse visual 2

  • Gêneros: Ação, Sobrenatural, Vampiro, Escolar
  • Estúdio: Production I.G (Haikyu!, Guilty Crown)
  • Material fonte: Webtoon
  • Episódios: ?
  • Novos episódios: Quinta-feira
  • Página do anime (na Cúpula) (no MAL)

3 episódios que certamente esmagaram minha expectativa

Eu já falei o suficiente sobre quebra de expetativa quando falei sobre Dr. Stone aqui na Cúpula, seja pelo podcast que gravei com o Dudi, ou na análise do anime que eu escrevi. Mas vou resumir o pensamento:

Falo aqui de expectativa sobre a obra. Essa frase por si só tem um “erro”, já que, se é uma expectativa minha, algo “esperado” por mim, quer dizer que é algo subjetivo.

Ou seja, algo que foi idealizado por mim, e se essa obra, na prática, não foi o que eu idealizei, é óbvio que isso irá gerar frustração (mesmo que aqui com Noblesse tenha sido bem menor que com Dr. Stone).

E onde quero chegar com tudo isso: eu DEFINITIVAMENTE (!!) não esperava um slice-of-life com comédia de Noblesse. Aliás, eu esperava qualquer coisa, menos essa mistura.

E antes de me julgarem, os gêneros oficiais são ação, sobrenatural, vampiro e escola. E cara, desses aqui, só tivemos o gênero escola.

No trailer, parece que será muito mais incrível do que é. Ou não?

Digo, até agora nós mal conseguimos entender aquele universo, quem é o protagonista, quem é o servo leal dele, quem são os reais inimigos, quem é a tal da União… Tudo tá muito estranho.

Trocando uma ideia com uns amigos que leram o webtoon, descobri que os eventos que rolam no OVA (que deve ser visto ANTES do anime, Crunchyroll) ocorrem lá pelo capítulo 80 do quadrinho.

Por si só, mudar a ordem dos arcos não é um problema, e nunca será.

Porém o diretor não está sendo bem sucedido em me contar essa história, porque ela está confusa, desinteressante e isenta de praticamente três de seus gêneros oficiais.

Mas eu falo aqui somente do anime. Porque eu gostei bastante do OVA!

O OVA é MELHOR que os 3 primeiros episódios de Noblesse!

Eu não sei o que se passa nos bastidores dos Crunchyroll Originals.

Digo, a gente já malhou pau neles (desculpa, Crunchy, mas não dá) o suficiente nos últimos CúpulaCasts. E a gente odeia ter que fazer isso, porque, afinal, tudo era tão promissor!

Tower of God e The God of High School são dois webtoons muito bem aclamados pela comunidade num geral. Na boa, raramente se encontra gente falando realmente mal dessas obras. Até os animes saírem…

Agora, depois de duas adaptações fraquíssimas dessas 2 histórias, estamos tendo uma terceira adaptação fraquíssima: Noblesse, que também é um grande webtoon.

Quando falo em adaptação fraquíssima não é muito em teor de história, mesmo porque esta talvez ainda nem tenha tido tempo para se desenvolver tanto assim. Falo aqui em termos técnicos mesmo.

O roteiro está nãoexpositivaaté-demais, ou talvez eu apenas seja burro, porque eu juro que eu ainda não consegui entender do que se trata Noblesse.

A narrativa é estranha. Eu não entendi quem são os inimigos, quem é o protagonista, de onde ele vem, por que ele voltou, quem são os irmãozinhos de cabelo branco, ou até mesmo se eles são vampiros ou, sei lá, monstros.

Talvez seja por conta da inversão de arcos e apresentações, que, segundo fontes quentes (Wesley e Pedrão, que leram o webtoon), tá tudo meio estranho nesse começo do anime.

Considerei reassistir os episódios, mas eu juro que não tive coragem. Minha mão se recusou a clicar.

Eu gosto de analisar e entender escolhas narrativas. Não sou profissional como o Narrador (do Narrativando) ou o Kitsune (podcast de análises), mas eu consigo entender que algo de errado não está certo em Noblesse.

Porém, do OVA, nada a reclamar. Tudo muito bacana.

Ok. Então eu tenho que ver o OVA antes de ver o anime? É isso?

Sim! Precisa, de verdade! É canônico.

E a Crunchyroll parece ter feito de propósito para que todo mundo que usa o serviço deles tivesse uma experiência horrível com o primeiro episódio da série.

Porque, mesmo tendo NO CATÁLOGO o OVA de 2016, a plataforma NÃO traduziu as legendas para português e NÃO indica aos seus usuários que o anime começa a partir do final do OVA.

Então, caso você, assim como eu, tenha assistido o primeiro episódio de Noblesse e não tenha entendido NADA, dá um pulo no OVA para ver se entender melhor as coisas. Comigo funcionou, e eu consegui digerir melhor as coisas. Afinal, não importa se você digere melhor um tijolo, continuará sendo a porra de um tijolo no seu estômago.

Mais uma vez, desapontado com a plataforma, mesmo sendo assinante há mais de ano.

Não vou me prolongar mais nesse ponto porque simplesmente não consigo encontrar motivação para tais decisões.

Afinal, isso com certeza gera confusão e uma péssima primeira impressão para quem vai direto ao anime.

Talvez esse seja (mais um) dos fatores que façam com que Noblesse esteja (por hora) com incríveis 6,70 no MyAnimeList (que, apesar de não ser prova real de NADA, continua sendo um bom indicador de popularidade). E para ter menos que 7 no MAL, você tem que ser muito esforçado.

Concluindo as (cansadas) primeiras impressões de Noblesse

Não irei além disso, porque eu realmente ESPERO (voltei com a caixa alta) que Noblesse comece de uma vez a contar uma história.

Afinal, slice-of-life não está nos gêneros da obra, então acho que não fui o único indo ali esperando alguma coisa mais interessante que não fosse o dia a dia de um protagonista que não fala nada e só come rámen (literalmente).

Sendo sincero, quando falamos de histórias de vampiros, Noblesse tá atrás até de The Vampire Diaries (sim, eu assisti). Ali sim temos ação, sobrenatural, vampiro e ainda temos escola. E de bônus muito romance holywoodiano clichê que a gente detesta, mas adora. É, pois é.

the vampire diaries elenco reunido

Pegue a narrativa esquisita, some a uma história inexistente (que é o caso desses 3 episódios) e multiplique por uma animação medíocre (para não falar pior); obtemos, assim, o resultado: Noblesse, um anime que (ATÉ AGORA) não prende, nem por sua história, nem por sua estética, nem por seus personagens.

Ademais, não irei continuar assistindo Noblesse semanalmente. Eu já não curto muito ver animes da temporada assim em 1 episódio por semana.

Então, assistir o anime assim aumentaria minha chance de drop para uns 100%. Sendo assim, se eu deixar para ver tudo de uma vez quando acabar, provavelmente consigo ir até o final, considerando a incrível marca que o webtoon atingiu (e ainda atinge) no mundo inteiro.

PS: a música de abertura é horrível.

Eu sei que serei massacrado nos comentários por essas primeiras impressões de Noblesse, mas na boa, quem tiver vontade de conversar sobre esse começo, sou todo ouvidos!

Escrito por

André Uggioni

Co-Fundador

Editor-chefe | Host do CúpulaCast

Criciúma - SC

Gostou do artigo?

Comente abaixo sua opinião sobre o assunto e convide o autor da postagem para conversar!
Esse site utiliza cookies para melhorar sua experiência. Ao navegar nele você está aceitando nossa política de privacidade.